Aprenda a mensurar o desempenho dos funcionários no varejo

Você sabe como medir o desempenho dos seus funcionários? Se sente perdido na hora de avaliar o índice de produtividade deles em relação as metas da sua loja?

Não se preocupe, esses são problemas mais comuns do que se imagina dentro do varejo, pois, muitos lojistas desejam se destacar no mercado. Apesar disso, eles não conseguem medir o desempenho da sua equipe de maneira eficiente e que lhes proporcione resultados reais.

Cada métrica tem uma função valiosa para a gestão de um negócio varejista, elas funcionam como órgãos vitais que fazem a loja funcionar. Portanto, saber mensurar o desempenho dos funcionários é tão fundamental para manter as portas abertas. Afinal, entre as várias métricas que podem ser medidas dentro de uma loja, esta é uma das mais avaliadas. Isso acontece porque é baseado nos resultados dela que a gestão pode tomar as decisões mais relevantes para todo o negócio.

Ao contrário do que muitos pensam, avaliar o desempenho dos funcionários vai além de medir entregas ou resultados. Para conseguir analisar bem a produtividade do seu time, você deverá entender todo o processo e quais ações os seus funcionários tomaram. Mas como fazer isso de maneira efetiva?

Visando suprir essa demanda dos donos e gestores de marcas varejistas, nós, da Casting, criamos este conteúdo com o intuito de te ajudar. Logo, se você tem qualquer dúvida sobre esse tema, temos certeza que ela será sanada neste artigo!

Portanto, acompanhe a leitura junto com a gente!

Como avaliar o desempenho dos funcionários?

Os negócios varejistas costumam realizar a mensuração do desempenho dos seus colaboradores a partir de duas abordagens: avaliando os objetivos ou as suas competências.

Ambas as avaliações citadas visam determinar o trabalho realizado pelos funcionários, bem como, os resultados que obtidos pela organização.

As metas estabelecidas pela gerência devem ser quantificáveis ​​e precisam focar no volume da produção e na qualidade dos produtos criados. Ou seja, você deve medir o quanto foi feito e quais os resultados que as suas ações trouxeram para a sua loja. Por exemplo, analise quais são as metas de negócios que medem o volume de vendas total.

Por outro lado, focar nas competências e buscar identificar os comportamentos das pessoas quando trabalham também é importante para o bom funcionamento da sua loja. Em outras palavras, como os colaboradores fazem seu trabalho e que tipo de habilidades colocam em prática.

Dentre todos os critérios que devem ser avaliados, você como gestor (a) precisará considerar aspectos como: motivação, estratégia, apoio, clima organizacional, ferramentas, entre outros.

Quais indicadores devem ser observados?

Em primeiro lugar, o que torna uma equipe realmente produtiva? Ultrapassar as metas de vendas? Fechar muitas propostas comerciais? Claro que isso é muito importante!

Porém, quais são os mecanismos que contribuem para que a equipe alcance, de fato, as metas estabelecidas?

São esses os questionamentos que devem ser considerados para que, então, comece a ser avaliado o desempenho dos funcionários. Ou seja, ao responder essas perguntas, você poderá mensurar a performance de cada funcionário e da equipe como um todo de forma mais eficaz.

Confira a seguir, os principais indicadores de desempenho de funcionários que você deve observar.

1- Índice de produtividade

Esse KPI se refere ao tempo despendido pelos funcionários na realização de um projeto. Ou seja, ele significa o quanto o seu funcionário foi capaz de produzir dentro de determinado período (seja dia, mês ou ano). Além disso, esta métrica busca identificar quais foram os recursos utilizados para atingir este resultado.

2- Indicadores de qualidade

Esta métrica indica o quão satisfeito o seu consumidor está com a sua marca. Lembre-se que, qualidade não significa apenas ter um bom produto, você deve buscar melhorias em cada ponto de contato do cliente com a sua loja.

Por exemplo, se o site da sua loja não tem uma boa usabilidade, você deixa de vender para pessoas que costumam comprar online. Ou então, caso a entrega atrase ou o produto seja diferente do que está no site ou nas redes sociais, ele poderá cancelar a compra.

3- Métricas estratégicas

Esta métrica tem o objetivo de demonstrar a situação atual da organização em relação ao planejamento realizado. Assim, ela possibilita comparar os resultados  e, se necessário, repensar para atingir os objetivos estabelecidos. Além disso, esse indicador é feito para propor novas formas de contínuo aprimoramento dos processos.

Sabia que com o App da Casting você tem dados de cada funcionário na palma da sua mão? Além disso você pode visualizar de qualquer lugar pelo seu notebook, tablet ou smartphone. Quer saber mais? Então fale agora mesmo com um de nossos especialistas.

Vantagens de realizar essa análise de desempenho dos funcionários

Avaliar o desempenho dos seus funcionários te ajuda a compreender se ele (a) está abaixo, atende ou excede a performance esperada pela organização. Dessa forma, através da avaliação de hard e soft skills, você deve criar um plano de ação para suprir o gap daquele funcionário.

Além disso, esta avaliação te ajuda a ter uma visão estratégica do seu negócio, pois evidencia quais sãos os seus pontos fortes e de melhoria. Ao mesmo tempo, ela torna mais simples a visualização de soluções que irão melhorar os processos e gerar melhores resultados.

Mas, como fazer com que os funcionários alcancem os resultados desejados pela sua loja? Para te ajudar com essa questão, nós separamos algumas orientações que são, imprescindíveis, ao mensurar o desempenho dos funcionários. Continue a leitura para entender melhor sobre isso!

1- Estabeleça metas claras para a sua loja

A definição das metas deve ser feita com clareza para todos que fazem parte da organização, sejam funcionários ou líderes. Além disso, não basta criar metas aleatórias, elas devem ser mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais. Ou seja, estude sobre o método S.M.A.R.T. para criação de indicadores de desempenho para os seus colaboradores.

Afinal, a gestão que sabe desenvolver um planejamento de metas equilibrado para o seu time, pode conquistar a credibilidade e o comprometimento deles.

2- Invista em boas condições de trabalho

Se a sua loja não proporcionar condições de trabalho adequadas para que os funcionários alcancem os objetivos, você estará fadado ao fracasso.

Esteja sempre atento para evitar que a equipe esteja sobrecarregada e, ao mesmo tempo, igualar o conhecimento teórico e prático. Da mesma forma, busque automatizar os processos do seu negócio através da tecnologia. Assim, você poupará tempo gasto com atividades manuais que poderão comprometer a produtividade da sua equipe.

3- Crie uma política de incentivo

A verdade é que, muitos empreendedores ainda não sabem que somente o salário nem sempre é suficiente para manter uma pessoa motivada. Ele é um dos pontos capazes de fazer uma pessoa trabalhar para alcançar as metas. Porém, se você deseja mantê-los motivados em atingir os objetivos da sua loja, incentive a se especializar constantemente. Da mesma forma, busque reconhecer e valorizar o esforço de cada um deles. Quando você aprende a reconhecer e até mesmo, premiar aqueles que trazem bons resultados, você contribui para que ele se mantenha engajado.

As premiações que são normalmente adotadas pelos gestores são: elogios, folgas, brindes, bem como dinheiro e viagens. Lembre-se que, para entregar uma premiação realmente satisfatória, você deve conhecer muito bem os seus colaboradores.

4- Apoie o seu time

Outro erro muito comum de alguns empreendedores é apenas cobrar os funcionários. Se você exerce liderança sobre alguém, seja solícito e busque dar suporte a essa pessoa. Entenda o motivo que está afetando os resultados do seu funcionário e em que você pode ajudá-lo a melhorar.

É preciso haver uma comunicação entre líderes e liderados, pois somente através de feedbacks é que os pontos de melhoria podem ser ajustados. Além disso, nestas reuniões, sejam individuais ou coletivas, ressalte os pontos fortes do seu funcionário.

Quando você o elogia, ele entende que você também vê o seu esforço para trazer o melhor resultado possível.

5- Avalia um pequeno grupo

Existem lojas que não costumam medir a sua produtividade, se a sua é assim, comece essa análise com um pequeno grupo de colaboradores.

Logo depois, busque definir qual métrica será observada. Por exemplo, a quantidade de clientes atendidos por dia, volume de pedidos por hora, quantas tarefas foram realizadas naquele dia.

Além disso, estabeleça o tempo de análise dessas ações, ou seja, será analisada diariamente, semanalmente, mensalmente ou até semestralmente. Tenha cuidado de não escolher um período que não seja muito curto e nem muito longo.

 

6- Use as ferramentas tecnológicas

Usar a tecnologia para realizar o acompanhamento dos índices de produtividade reduz as chances de erros de cálculo. Atualmente, existem muitos softwares que registram os processos organizacionais e, por fim, medem a sua eficiência. Isso se faz através do cruzamento dos indicadores analisado para facilitar a tomada de decisão.

Ao mesmo tempo, busque orientar os seus funcionários a usarem aplicativos e sistemas que possam auxiliar na produtividade e na eficiência no trabalho. Como, por exemplo, a metodologia PDCA.

7- Realize o benchmarking com outros negócios

Faça pesquisa com outras lojas do mesmo nicho que a sua e que, além disso, possuam métodos parecidos com os seus.

Em outras palavras, se a sua loja trabalha com moda feminina, faça o benchmark com uma loja do mesmo nicho. Ao avaliar as boas práticas de outros negócios, você pode aderir a sua loja aquilo que fizer sentido e puder trazer melhorias a ela.

8 – Analise os indicadores constantemente

Os indicadores de desempenho dos funcionários é uma métrica que deve ser analisada constantemente no seu negócio. Logo, você deve analisar quais resultados não foram satisfatórios e entender se isso está afetando uma pequena ou grande parte dos funcionários.

Logo depois, realize um feedback com todos os funcionários que estão abaixo do esperado. Apresente os pontos onde eles estão indo bem e em quais eles podem se desenvolver. Após finalizar, continue a avaliação no decorrer dos próximos dias.

A gestão deve analisar se os funcionários estão com alguns problemas pessoais e o que pode ser feito para motivá-los. Afinal, pessoas motivadas são muito mais produtivas.

9- O desempenho dos funcionários faz parte do planejamento

Lembre-se disso, os indicadores de desempenho dos funcionários devem fazer parte do seu planejamento. Ainda que a sua loja esteja indo bem, não deixe de monitorar e procure inovar constantemente para melhorar os resultados e diminuir os custos operacionais.

Alguns empreendedores somente aplicam esses sistemas de gestão de performance quando o desempenho da loja está muito abaixo do esperado. Porém, quando os funcionários passam a apresentar resultados melhores, todo esse trabalho é deixado de lado. Fazer isso é um grande erro e pode prejudicar o seu negócio.

Precisa realizar constantemente a avaliação de produtividade dos seus funcionários, afinal, ela é parte vital da administração da sua loja. Ao ser feita de maneira contínua, você perceberá que todos na sua loja começarão a fazer esse trabalho com mais naturalidade.

Nesse sentido, eis a receita para o sucesso: pessoas produtivas, clientes satisfeitos e fiéis e lucro passarão a ser realidade.

Em outras palavras, considere que a produtividade da sua equipe envolve alguns aspectos que estão alheios ao controle dos seus empregadores. Porém, ela pode também estar relacionada a fatores de comportamento onde a gestão deve contribuir de forma positiva.

Essas características refletem na cultura corporativa da sua loja e incentiva as pessoas a alcançar os objetivos propostos.

Lembre-se que você deve inserir análise de desempenho dos funcionários aos atuais processos da sua loja. Assim, é mais fácil mensurá-lo e buscar por novas possibilidades que irão melhorar a produtividade dos seus colaboradores.

Invista em treinamentos

Por fim, é natural que esta análise mostra os pontos da sua loja que são muito positivos e aqueles que precisam desenvolver.

Para solucionar esse problema, você pode investir na aplicação de treinamentos, reciclagens e palestras onde os colaboradores podem tirar as suas dúvidas. Assim, essa prática faz com que os funcionários possam aplicar esses conhecimentos no seu trabalho.

Se você quer saber quais são os treinamentos necessários pela sua equipe, faça uma pesquisa interna para entender qual o nível de conhecimento deles. Da mesma forma, você pode ouvir quais são os assuntos que eles gostariam de entender melhor.

Com tantas mudanças que acontecem no mercado varejista atualmente, você deve proporcionar esse conhecimento a eles. Seja questões relacionada ao comportamento do consumidor, quais as habilidades dos vendedores do futuro e até assunto em alta como, por exemplo, o metaverso.

Conclusão

Agora que você aprendeu tudo sobre como mensurar o desempenho dos funcionários, coloque em prática esses ensinamentos a partir de hoje!

Gostou desse artigo? Então, não deixe de acompanhar o nosso blog para saber todas as novidades do varejo em primeira mão. O objetivo da Casting é transformar este mercado através da capacitação de empreendedores, fazendo com que eles se destaquem em seu segmento.

Compartilhe esse post nas suas redes!

Search
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Últimos Posts

Newsletter

Increva-se na nossa Newsletter

Galeria